Anjos e Demônios: os fundamentos físicos!

CERN - Organização Européia para Pesquisas NuclearesCERN - Organização Européia para Pesquisas Nucleares

Acompanhando o Gabriel fiquei sabendo das notícias do filme Anjos e Demônios. Não tenho a menor pretensão de fingir ser isento e, por isso mesmo, que não disse que fiquei sabendo das boas novas, como seria costume. Não faço questão de ler a obra de Dan Brown e, portanto, convido quem tiver dicas a respeito a citá-las. Nos foquemos em Anjos e Demônios.

Conversei com alguém, depois de ver as notícias no Gabiru 2.0, pra saber se não era esse o livro do Dan Brown que citava o CERN, a Organização Européia para Pesquisas Nucleares (originalmente eles eram um conselho, Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire – por isso CERN, mas isso foi provisório, era o nome do conselho que preparava o laboratório). Em tempo: de europeu o CERN só tem a localização: fica na fronteira entre a França e a Suíça e é o maior laboratório de física de partículas elementares do mundo, tendo ultrapassado a barreira da física nuclear há algumas décadas e lar de cientistas que estão colaborando com instituições do mundo inteiro.

Voltando ao ponto, me falaram que não é em Anjos e Demônios que se fala em CERN. Resolvi verificar, pra ter certeza, e bingo! Isso dá um pousté! Pois bem, eu já tinha feito uma busca sobre o tema há algum tempo, por causa de uma pergunta que me fizeram sobre o livro (até então eu nem sabia da existência do livro, e já vieram me perguntando de bombas e sobre o fim do mundo…) e acabei chegando a um FAQ do CERN, baseado em perguntas feitas por leitores do livro Anjos e Demônios. Não tem muito mais o que dizer; a menos que alguém queira discutir o tema, uma tradução, sei lá (eu gosto de pensar que sou físico de partículas, tá?).

Pra não terminar precocemente a entrada, deixo um link de ambigramas, pra imagem que encontrei no FAQ do CERN. Se você visitar a página linkada e clicar e rodar as figuras, poderá ver as imagens em posições diferentes e visualizar cada uma das imagens produzidas pelo John Langdon.

Por fim, uma curiosidade: a world wide web foi desenvolvida no CERN – parte dela, ao menos -, pra atender às necessidades de trocas de informações dos cientistas da casa. Façam sua lição de casa, meninos e meninas.

Ambigrama de Anjos e Demônios, feito por John Langdon

Ambigrama de Anjos e Demônios, feito por John Langdon

(não era pra eu usar livros como fio condutor de curiosidades…)

Comments
One Response to “Anjos e Demônios: os fundamentos físicos!”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] eu leria o Anjos e Demônios, de Dan Brown. Tinha que, desde muito antes do curto e, por que não?, desonesto pousté em que flertei com a idéia de esclarecer alguma física da primeira aventura de Robert Langdon, o […]



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • RSS Ouvindo?

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS Curiosidades

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
%d blogueiros gostam disto: