The It Crowd: um refresco

Começo pelas culpas que é sempre bom indicar fontes. Já ouvira falar de The IT Crowd há alguns anos, em terras gaudérias, e ignorei o comentário feito. A desculpa para tanto é boa, já que esta série é contemporânea a The Big Bang Theory, sitcom norte-americano que reúne três físicos e um engenheiro e, bem, como físico senti-me representado. Foram, entretanto, as multiplas referências feitas por Maduc Le Noir que, nestas férias, me levaram à procurar pela primeira temporada de The IT Crowd, como um teste (ah!, as férias); não se tratava apenas da profusão de comentários, fique claro, há pelo menos dois outros motivos: (1) The Big Bang Theory tem soado como novela, ultimamente, kitsch e (2) os personagens perderam suas raízes (i. e., kitsch, kitsch, kitsch).

O nerd virou geek, em The Big Bang Theory. Não consigo mais dizer se existe qualquer indício de curiosidade diferente nos quatro, que sim, percorrem respectivamente seus campos acadêmicos, mas pouco têm se mostrado obcecados com qualquer coisa que não seja fruto da cultura pop. Nada que um diagrama de Venn não possa ilustrar melhor que as parcas linhas acima.

Enfim, foi-se o tempo em que The Big Bang Theory apresentava referências como o gato de Schrödinger (primeira temporada, episódio 17), deixando claras as diferenças culturais entre o universo de Penny, a bela atriz, e o dos doutores Sheldon e Leonard.

The IT Crowd apresenta outro universo de referências, mesmo porque não abarca a vida de um grupo de físicos, e sim o cotidiano de uma empresa (que tem site real, aliás!), como visto pelos funcionários de T.I.; parte desse universo certamente têm semelhanças com aquele encontrado em The Big Bang Theory, como fica claro nos brinquedinhos espalhados na sala ocupada por Roy e Moss, os especialistas em T.I.; essa produção, entretanto, vai mais longe que o fanatismo por brinquedos, quadrinhos e filmes: há uma grande variedade de collectibles que fazem parte da história da informática (curioso? Veja aqui), que se somam às referências contemporâneas de software livre e arquivos digitais.

Entretanto, os dois grandes diferenciais da série quão extensa é cada temporada – são seis episódios por ano – e o humor típico inglês. Os dois elementos juntos, na prática, permitem que se fuja do kitsch já que, mesmo precisando segurar a audiência, é possível ousar nas situações e fugir do humor de massa. Logo, por exemplo, mesmo que os personagens percam algum tempo tentando arrumar uma cara metade, isso não se tornou o mote da série; mesmo os comportamentos absurdos de Moss aparecem de forma bastante comedida, diferente do que aconteceu a Sheldon, que se tornou o centro de todas as atenções, em The Big Bang Theory.

Sobre o humor inglês, adoro a maneira como ele não se manifesta correto: humor politicamente correto soa, pra mim, como um verdadeiro insulto. Uma comparação direta entre estilos, faço aqui: no que considero o melhor episódio da quarta temporada de The Big Bang Theory, os nerds têm sua orelha puxada por Penny porque sacaneiam um idiota bonitão, como se estivessem a praticar bullying ao contrário. O quarteto pede desculpas, e tudo bem, tudo bem. Já em The IT Crowd, após sofrer bullying, Moss… nah, assista o primeiro episódio da terceira temporada.

Drink milk!

 

Começo pelas culpas que é sempre bom indicar fontes. Já ouvira falar de The IT Crowd há alguns anos, em terras gaudérias, e ignorei o comentário feito. A desculpa para tanto é boa, já que esta série é contemporânea a The Big Bang Theory, sitcom norte-americano

Comments
3 Responses to “The It Crowd: um refresco”
  1. Maduc le Noir disse:

    Realmente, TITC tem um molho diferente do TBBT. Faz tempo, alias, que para mim a série britânica suplantou sua colega americana.

  2. YCK disse:

    The TITC não é contemporrânea de TBBT. No máximo, é um primo mais velho, mais descolado e com RG falso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • RSS Ouvindo?

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS Curiosidades

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
%d blogueiros gostam disto: