Guerra dos Tronos: ler ou não ler não é a questão

Estive a ler o livro A Game of Thrones. Assistira há pouco ao seriado homônimo, transmitido por aqui via HBO e, saudoso de livros cheios de ação, resolvi arriscar – o único custo que teria seria meu tempo, que não tenho sobrando, mas… diversão, here we go! -. Primeiro, que as culpas sejam distribuídas: entrei em contato com a série através do amigo Miranda, que tanto insistiu pra que eu a assistisse. Viciante, extremamente bem feita, toneladas de pessoas lendo os livros em ônibus e metrô, toda a propaganda fora feita e eu resolvi não ficar de fora.

Ah, resolvi sim

A experiência de um page turner, me pareceu: começava a leitura e não queria parar. Lia e lia e lia. Fui assim até algum lugar entre as páginas 200 e 300 (não importa a precisão, sério). Parei. Prestara atenção, comparava livro e a série quase sempre; percebi detalhes que deixara passar ao assistir e outros que simplesmente não apareciam na série por economia de roteiro: 700 páginas tiveram de ser condensadas em aproximadamente 10 horas de vídeo.

Acabei por decidir interromper a leitura e seguir para outro livro. A série foi produzida com enorme fidelidade ao espírito do livro; ler seria uma experiência de extrema redundância e, como (já dissera) o único custo que eu tinha para dar cabo da leitura era meu tempo, deixar o livro de lado pareceu-me  a medida mais apropriada.

(uma resenha bem bacana – em inglês – e sem muitos exageros de gosto pode ser encontrada neste link)

Na fila, quando deixei Guerra dos Tronos de lado, estavam Moonwalking with Einstein, História da Beleza, História da Feiúra e, pra não ser mais omisso do que gostaria, Da Cor à Cor Inexistente, de Israel Pedrosa (que venho postergando há dois meses). Ler algo que já vira tão bem representado na TV definitivamente mostrou-se como não prioridade. Aliás, os livro de Josh Foer (Moonwalking with Einstein) e de Richard Feynman (Surely you’re joking, Mr Feynman!) que li há pouco em breve deverão aparecer em posts por aqui.

 

Comments
2 Responses to “Guerra dos Tronos: ler ou não ler não é a questão”
  1. YCK disse:

    Ainda estou com a série para assistir, mas desconfio que se comprar os livros, vai pra pilha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • RSS Ouvindo?

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS Curiosidades

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
%d blogueiros gostam disto: